Cobogó

Hoje vamos falar sobre o “tijolinho fashion” chamado Cobogó.

Leva esse nome pela junção das iniciais dos sobrenomes dos três engenheiros recifenses que o criaram no começo do século XX.

Amadeu Oliveira COimbra, Ernest August BOeckmann e Antônio de is.

No começo o Cobogó era feito somente de cimento, mas com o passar do tempo, foram aprimorando e passou a ser feito de vidro, argila, cerâmica, resina, madeira, ferro, entre outros.

O Cobogó é encontrado no mercado em diversos formatos, desde os mais simples até os super entrelaçados e em diversas cores.

Muito usado para dividir ambientes, em lugares escuros que precisam de uma luz natural e até em salas molhadas (banheiros).

Particularmente adoro em fachada de casas ou em imóveis comerciais, como restaurantes e hotéis, traz sofisticação, modernidade e a luz que transpassa o Cobogó faz um desenho lindo no interior desses ambientes onde foi instalado.

Alguns modelos da infinidade de Cobogós já criados.

De efeito decorativo à necessidade de luz e ventilação, são ótima escolhas para quem quer dar um ar mais moderno e fashion à sua construção!

E aí, o que acharam dos Cobogós? lindos não?…

Um comentário sobre “Cobogó

Os comentários estão desativados.