APLV

bee34eba1f9289344a3b5f0d7e29161a.jpg

Bom, este assunto é um pouco complicado, complexo e extenso porém quero tentar passar a vocês um pouco da minha experiência com essa alergia tão perigosa .

Aos 6 meses do meu pequeno príncipe, percebi que algo não ia bem, sentia meu coração apertado, pois queria complementar o aleitamento materno com mamadeira e foi aí que começou minha jornada.

Dei a primeira mamadeira e ele rapidamente vomitou tudo, absolutamente tudo que mamou, o pediatra falava que poderia ser o calor, pois era verão aqui na europa, mas meu coração dizia que ele não tinha razão. Então começaram as papinhas, e sim, eu comprava papinhas prontas. E ele também vomitava. Foi quando eu tomava um sorvete “Ovomaltine” e caiu um pingo na bochecha dele, eu limpei no mesmo minuto e derrepente tchanannnnnn………. uma joaninha apareceu no meu colo (vamos satirizar um pouco né?! ) ele ficou inteiro vermelho com um pingo do chocolate. Na hora fechei um diagnóstico na minha cabeça, estava certa que ele tinha Alergia ao Leite.

Marquei uma alergo, mais eu já sabia do resultado, e foi batata ……”SEU FILHO TEM ALERGIA À PROTEINA DO LEITE “.

BUÁÁÁÁÁ , tudo tem leite, até a batata chips, sabiam ?

Pois é, alergia não tem nada haver com INTOLERÂNCIA. A intolerância à lactose é um desconforto, o organismo que deixou de produzir a lactase, alguns sintomas podem ser (abdômen inchado, prisão de ventre ou diarreia, algumas pessoas podem até vomitar), mas não causa risco de morte.

Alergia é algo muito mais grave, e ainda pode se desdobrar em três categorias, as de reações mediadas, não mediadas e as mistas.

A pessoa corre sim risco de morte causado por edema de glote, perda da consciência entre outros.

Como moro na europa, tenho acesso a adrenalina por um preço justo. Sei que no Brasil é um absurdo o preço, assim como o leite vegetal para bebês e crianças, que tem todo um enriquecimento especial para suprir todas as necessidades dessa etapa da vida.

Quero com este post ajudar algumas mães e informar que o governo brasileiro tem obrigação de ajudar às famílias que precisam utilizar esse tipo de “leite“ sem proteína animal, adrenalina e medicamentos para alergia. Não é fácil e também é burocrático porém vale a tentativa !

Nao quero estender muito o assunto, pois poderia escrever vinte páginas aqui para vocês, mas espero os comentários e perguntas que podem ser sobre alergia ou mesmo a parte jurídica do procedimento para conseguir os medicamentos e o leite ……bisous.

9d634b2fe0601430d19c0e9768234466E VIVA O CHOCOLATE DE ARROZ!

4 comentários sobre “APLV

    1. A primeira coisa a fazer e verificar as vias respiratórias , pois ficamos assustados com a pele e assusta mesmo .
      Se as vias respiratorias estiverem desobstruídas , podemos dar um antialergico com antistaminico e observar a crianca , não e ideal que ela durma , ja que a medicaÇao causa sonolência .
      Se o paciente tiver perdendo conciencia, aplicar adrenalina e ir diretamente para o hospital mais perto, falando tudo o que aconteceu deste período …..devemos agir o mais rápido possível.
      Obrigada e espero que tenha respondido .

      Curtir

Os comentários estão desativados.